terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Cai chuva do céu cinzento
Que não tem razão de ser.
Até o meu pensamento
Tem chuva nele a escorrer. Fernando Pessoa

Nenhum comentário: